6 de outubro de 2018

Jovem altaneirense cobra programação da Festa de Outubro e critica gestão

O jovem altaneirense Bruno Arrais usou a rede social Facebook na manhã de hoje (06/10) para cobrar a programação da Festa da Padroeira de Altaneira.

Bruno é engenheiro e atualmente exerce sua atividade profissional na Capital do Estado, mas lembra que esta data é aguardada pelos altaneirenses que moram em outras cidades/estados.

“Cadê a programação da nossa tão esperada semana de festas? Cadê o respeito com os conterrâneos que moram em outras cidades/estados e passam o ano esperando pra vir curtir uma semana de diversão na sua terrinha?”, indaga Bruno Arrais.

Bruno lembra que já acabaram com a vaquejada, acabaram com a festa do município e pergunta também: “será que vão acabar com a festa da padroeira?”.

O jovem engenheiro ressalta que a prioridade em um momento de crise não é festa, mas segue com suas indagações: “cadê a saúde? Infra estrutura? Segurança?”.

Bruno lembra os problemas com o transporte escolar e os ônibus faltando freio colocando em risco a vida de vários universitários.

“Mesmo assim vamos todos para o cortejo do pau da bandeira, por que isso já acontece a 60 anos, não vai ser qualquer administrador que vai acabar isso. Fica aqui minha indignação” conclui o engenheiro.

A postagem de Bruno Arrais  recebeu dezenas de curtidas e vários comentários e críticas ao governo Municipal.

O vereador Professor Adeilton foi um dos primeiros a comentar a postagem: “De fato, suas cobranças são dignas dignas e necessárias. Temos que sempre trabalhar com prioridades, toda gestão deve eleger quais ações serão priorizadas, tem que ter ações. Seria compreensível não haver a tradicional festa da padroeira se houvesse investimento em outros setores. A realidade é que isso não vem ocorrendo e aumenta a indignação quando se acompanha a precariedade em diversos serviços públicos. Vamos em frente, amanhã é dia de refletirmos muito sobre o futuro de nossa cidade, do nosso estado e de nosso Brasil. Daqui a dois anos será imprescindível que esse julgamento seja ainda mais sério e com muito cuidado para não termos que retroceder e sim construir um futuro muito, muito melhor.”

Carla Elissandra concordou do engenheiro “É triste isso mesmo. E todos sabem que vem a renda da festa e também elogiou o comentário do vereador.

Daniele Andrade lembrou que por tais motivos muitos migraram  para São Paulo “Uma Cidade que tá se acabando aos poucos. Nem uma melhoria”.

Amélia Carlos foi a única a defender  a Gestão Municipal “só pensam em festa!!! que esse dinheiro que pagam em bandas invista na saúde!! tamos precisando de saúde não de festas!!, afirmou ainda que a saúde de Altaneira estar perfeita e “não tem nem comparação com outras cidades por air!!!digo isso pq vivo isso vejo isso todo dia!!!”

Thalles Almeida imediatamente respondeu a Amélia “então não estamos vivendo na mesma cidade, pois essa semana fui uma consulta com a Dr. Yaqueline Teutor, pois havia aparecido um provável nódulo no meu peito direito, junto uma mancha (com características de hematoma), ela havia me encaminhado para fazer uma Ultrassonografia de torax (extracardiaca) pois poderia está ocorrendo no meu peito uma provável Linfadenite aguda. Dai minha mãe buscou a Secretaria de Saúde para pedir o encaminhamento para eu realizar essa ultrassonografia, mas não foi possível o encaminhamento pois eles justificaram que não fazia pelo Sistema Único de Saúde. E ai, está tão boa assim a nossa saúde?”

Outros navegantes criticaram a saúde e apenas Amélia apareceu na defesa.

Na sequencia Kássia Martins comentou: “Altaneira ja prestou pq depois que esse prefeito entrou altaneira ainda acabou mais ... E o que estou vendo vai so piora... Muito triste isso”.

Até o fechamento desta postagem nenhuma autoridade do Governo Municipal havia se manifestado sobre as críticas dos engenheiros e os comentários na rede social.

Confirma a íntegra da postagem de Bruno Arrais:
Dia 06 de outubro, dia muito esperado por todos da minha querida Altaneira, hoje se inicia os festejos da nossa querida padroeira Santa Tereza D’ Ávila. Mas esse ano pergunto, que festejos ? Cadê a programação da nossa tão esperada semana de festas ? Cadê o respeito com os conterrâneos que moram em outras cidades/estados e passam o ano esperando pra vir curtir uma semana de diversão na sua terrinha ? Já acabaram com a vaquejada, acabaram com a festa do município, será que vão acabar com a festa da padroeira ? Certo que a prioridade em um momento de crise não é festa, mas aí eu pergunto, cadê a saúde ? Infra estrutura ? Segurança ? Pelo menos uma coisa era para está em dias, o transporte público, mas aí vem os ônibus faltando freio colocando em risco a vida de vários universitários. Mesmo assim vamos todos para o cortejo do pau da bandeira, por que isso já acontece a 60 anos, não vai ser qualquer administrador que vai acabar isso. Fica aqui minha indignação.
Clique aqui e confira os demais comentários sobre a postagem