27 de junho de 2015

Eunício quer repetir alianças com os tucanos nas eleições municipais

Durante encontro do PSDB, Tasso ao lado de Eunício não poupou críticas ao PT (Foto: Diego Camelo)
Em clima de articulação para as eleições municipais 2016, senador Eunício Oliveira (PMDB) participou ontem (26/06) da Convenção Estadual do PSDB, realizada na Câmara Municipal de Fortaleza. Protagonista da política cearense no passado, hoje o partido tenta se recuperar de anos de domínio de aliados do PT no Ceará. 

Tasso discursou contra a gestão petista no Ceará. “Não faço ofensas pessoais. Mas apesar de ser respeitável, o governador é do PT e isso é uma marca indelével”, diz. Na última segunda-feira, 22, no encontro “Todos pelo hub”, o tucano fez elogios a Camilo. No início do mês, ele também havia feito comentários positivos sobre o governador.

Tasso destacou os problemas na saúde pública e o “exagero de obras caras e grandes” como o Acquario. “Nem em Marte temos algo como aquilo. Nem na Disney! Aquele mostrengo não vai nem chegar a ser, porque não tem dinheiro” diz.

A obra na Praia de Iracema depende de empréstimo internacional que passa pelo crivo do Senado Federal para ser aprovado. Dois dos três senadores cearenses, Eunício e Tasso, afirmaram que o empreendimento deverá ser cancelado. “O esqueleto do Acquario será uma memória de uma política que estragou o futuro do povo do Ceará”, afirma o tucano.

O governo federal também foi alvo de ataque dos oposicionistas. De acordo com Tasso, o PT “está em extinção”. Em busca de manter a coligação de 2014 para o próximo pleito, Eunício incorporou as críticas à gestão de Dilma Rousseff (PT), aliada de seu partido a nível nacional. “Foi bom a convivência com o PSDB, ao lado de Tasso, vamos repetir a aliança, se possível, em cada município”, declara o peemedebista.

Recém-eleito líder municipal do PSDB, Façanha conta que a Convenção teve a “função de dar um ânimo e revitalizar o partido”. Ele afirma que, a princípio, os tucanos não querem formar coligação para 2016. No entanto, pondera que estão abertos ao diálogo com aliados. O vice-presidente da sigla em Fortaleza passa a ser o arquiteto e ativista Paulo Angelim, um dos articuladores dos protestos em verde e amarelo na Praça Portugal.

Iniciando o segundo mandato bianual, Luiz Pontes afirma que o PSDB pretende lançar candidatura própria em pelo menos 133 municípios.

Com informações O Povo Online