11 de janeiro de 2017

Presidente ignora irregularidades na composição da Mesa Diretora da Câmara de Altaneira

Mesa Diretora da Câmara Municipal de Altaneira (Foto: João Alves)
Assim como fez a ex-presidente Lélia de Oliveira em 2013, o atual presidente da Câmara Municipal de Altaneira, vereador Antonio Leite (PDT) ignorou as irregularidades apontadas na eleição da Mesa Diretora, uma vez que não respeitou o principio da proporcionalidade dos partidos na sua composição conforme previsão da Lei Orgânica do Município e do Regimento Interno da Casa. 

Em 2013 foram eleitos os vereadores Antonio Leite e Edezyo Jalled ambos do PRB, eleitos respectivamente para vice-presidente e secretário da Mesa Diretora. Na primeira Sessão Ordinária daquele ano o vereador Edezyo Jalled renunciou ao cargo, dando oportunidade ao Plenário de corrigir a irregularidade. Posteriormente a vereadora Alice Gonçalves filiada ao PSB, na época, foi eleita para o cargo.

No último dia primeiro de janeiro a maioria da Câmara Municipal repete o mesmo erro e elege Antonio Leite e Valmir Sousa, ambos do PDT, para os cargos de presidente e vice-presidente, respectivamente.

Na postagem de 2013 foi ressaltado que todos os vereadores e vereadoras antes de tomarem posse prestaram juramento de respeitar a Constituição do Brasil, a Constituição do Estado do Ceará e a Lei Orgânica Municipal conforme previsto no Regimento Interno da Casa.

Da mesma forma como aconteceu em 2013 na eleição deste ano o juramento prestado foi frontalmente desrespeitado no que se refere a composição da Mesa Diretora.

Confiram as postagens de janeiro de 2013:

Presidente da Câmara de Altaneira silencia em relação a desrespeito a Lei Orgânica Municipal

Vereador Edezyo renuncia vaga na Mesa Diretora