20 de julho de 2018

Marília Mendonça comanda noite de recorde de público do Festival Expocrato

Pela primeira vez uma quinta-feira quebra recorde de público de edições anteriores da Expocrato (Foto: Alana Maria)
Casa cheia e animação total definem a noite de shows nesta quinta-feira (19/07), no Festival Expocrato 2018. O público que lotou o Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcante recepcionou com grande carinho a rainha da sofrência Marília Mendonça, um dos nomes mais requisitados da atualidade. A artista, que já passou pelo palco do Festival Expocrato anteriormente, se emocionou com o coro formado pelo público que tinha na ponta da língua a letra de suas principais músicas como “Eu Sei de Cor”, “Amante Não Tem Lar” e o mais recente sucesso, “Estranho”.

Ainda sem confirmação oficial, mas a cantora Marília Mendonça anunciou no meio de sua apresentação que estava muito feliz por saber que haveria quebrado o recorde de público de todas as edições da ExpoCrato.

O corpo de Bombeiros estimou que a área reservada para os shows tem capacidade de 29 mil pessoas.

Na sequencia a combinação de arrocha e sertanejo romântico do cantor Gusttavo Lima, responsável pelo estouro de “Apelido Carinhoso”, cativou público do Festival com todo seu charme, bom humor e presença de palco. O “embaixador”, como é chamado pelos fãs, incluiu em seu setlist clássicos do sertanejo em um momento de nostalgia e romantismo.

Outro destaque foi o gigante do pagode baiano, Léo Santana, que tirou todos do chão com sua animação e carisma. Ninguém ficou parado sob comando do dono dos hits “Santinha”, “Psiquiatra do Bumbum” e “Vai dar PT”. 

Mais cedo, o pernambucano Claudinho do Acordeon aqueceu o público com autêntico forró pé-de-serra e a banda regional Bulé de Caminhão uniu as novidades do forró contemporâneo e as canções clássicas do forró romântico. Já conhecida da casa, a banda Solteirões, liderada pelo Zé Cantor, encerrou com sucesso a sexta noite de Festival Expocrato 2018.