9 de julho de 2018

Família Soares se reúne no Sítio Malhada em Crato

Membros da Família Soares na casa do vereador Guri (Foto: Júnior Carvalho)
Atendendo convite do vereador cratense Raimundo Soares, popularmente conhecido por Guri, reuniu-se no Sítio Malhada em Crato vário membros da Família Soares, entre eles o ex-vice-prefeito Mundim Soares, o ex-vereador Deza e o ex-prefeito Delvamberto Soares. O motivo da reunião foi homenagear o senhor Pedro Soares, irmão de Joaquim Soares, o primeiro dos descendentes de Francisco Soares da Silva, patriarca da família, a completar 90 anos de idade.

Na grande mesa os descendentes de 4 gerações da Família Soares ouviram os “causos e prosas” de Seu Pedro Soares, assim como foi tratado de vários fatos do cotidiano familiar e político.

A atual conjuntura política do Ceará, Crato e Altaneira foram tratadas. O Vereador Guri sustentou que o Crato e o Ceará passam por um excelente momento com as ações do governador Camilo Santana e José Ailton e que acreditam que ainda melhorar ainda.

Por outro lado Guri demonstrou uma grande preocupação com o momento político que passa Altaneira e que pra ele foi uma grande surpresa. O ex-vice-prefeito Mundin Soares diz fez de tudo para amenizar os problemas, mas não foi possível resolver a situação.

O contabilista Ariovaldo Soares fez uma explanação dos fatos, abordando todos os aspectos envolvidos. O empresário Devanilton Soares, mais conhecido por Palito Megasom disse que diante dos fatos não tinha mais condições de apoiar o prefeito.

O ex-prefeito Delvamberto Soares disse que só iria se manifestar no momento que considerasse oportuno, mas que trabalha pela união do grupo e reforçou que não tem intenções de ser candidato.

Também presente ao encontro o ex-prefeito de Nova Olinda, Manoel Galdino, popularmente conhecido por Cabeludo, elogiou o encontro, parabenizou o vereador Guri pela iniciativa e disse que a família Soares é bem representada em vários seguimentos da sociedade regional, com empresários bem sucedidos, agropecuaristas, profissionais liberais e em outros ramos.

Cabeludo disse que as crises políticas surgem como testes de lideranças, a união do grupo deve sempre ser incentivada, mas quando se torna inevitável cada um deve buscar as melhorias alternativas.

Ao final foi servido um grande banquete com galinha caipira, buchada, bode cozido e assado, regado a cerveja gelada e destilados.

No encontro participaram 21 homens da família Soares e 8 mulheres, além de outros convidados de Guri e Antonio Soares.