30 de março de 2015

Escola Santa Tereza desenvolve Projeto de Aprendizagem Cooperativa

Montagem sobre foto da Oficina de História de Vida por Heloisa Bitu
Neste sábado (28/03) a Escola de Ensino Médio Santa Tereza deu um passo importante no desenvolvimento do Projeto de Aprendizagem Cooperativa. A metodologia é inspirada no Programa de Educação em Células Cooperativas (PRECE), que nasceu em 1994, na comunidade de Cipó, Pentecoste, Ceará a partir da iniciativa de sete estudantes que, fora da faixa etária escolar, passaram a estudar numa casa de farinha de forma cooperativa e conseguiram chegar à universidade. 

A oficina aconteceu na escola e foi organizada pelo Núcleo Gestor em parceria com os docentes. Cerca de sessenta alunos participaram da atividade e teve início com a acolhida da diretora  da Escola, professora Meire Alencar.

A experiência do PRECE foi apresentada aos alunos da Escola Santa Tereza e gerou uma grande expectativa de implantação desta metodologia em nossa comunidade. Cumprindo as etapas de implantação do projeto, aconteceu em fevereiro um momento de sensibilização onde foram apresentados aos estudantes e professores os princípios da Aprendizagem Cooperativa. 

Após a etapa de sensibilização, os estudantes interessados foram convidados a participar de uma oficina de História de Vida, que é parte integrante do Curso de Articuladores de Células Estudantis, desenvolvido pela Coordenadoria de Protagonismo Estudantil / CODEA / SEDUC / CE desenvolvido em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC). 

A Oficina de História de Vida foi importante para garantir o entrosamento dos participantes que, ao conhecerem a trajetória de vida dos colegas passam a conviver melhor e a respeitar mais as diferenças. Cada Célula de Aprendizagem recebeu um kit, contendo uma agenda personalizada, lápis, caneta, borracha e textos de apoio para a organização da célula. 

A próxima etapa é o acompanhamento das células, onde contaremos com o apoio dos professores e ex-alunos da nossa escola, que estarão monitorando as atividades, participando dos encontros e acompanhando de forma interativa através de um espaço online onde os estudantes podem tirar suas dúvidas, receber informações e enviar relatórios.

“Até o momento, já temos dezesseis células estudantis, distribuídas nas mais diversas localidades do município. Estamos estudando também, a possibilidade de implantação da Metodologia da Aprendizagem Cooperativa em sala de aula, visando a dinamização do processo de ensino-aprendizagem” informa a professora Heloisa Bitu.

Citando Paulo Freire Heloisa diz que “ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si”, e, segue buscando meios para tornar a educação cada vez mais significativa e prazerosa. 

Clique aqui e confira o blog que está em construção e já conta com a valiosa colaboração do artista e cartunista Ricardo Sousa, ex-aluno da EEM Santa Tereza, residente em SP, com ilustrações especiais para a página

Confira outras imagens da Oficina de História de Vida: