5 de março de 2015

Ex-secretária de Educação cobra cumprimento de Leis e eleição direta para Diretor Escolar

Em entrevista concedida ao programa Notícias em Destaque da Rádio Altaneira FM na tarde de ontem (04/03) a professora Núbia de Oliveira, ex-secretária municipal de Educação cobrou da atual gestão o cumprimento integral do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos profissionais do Magistério, bem como de dispositivo da Lei Orgânica Municipal.  

A professora cita que dispositivos do PCCR não estão sendo observado em relação a ampliação da carga horária dos professores efetivos uma vez que alguns professores, apesar de requerida não foi concedida a ampliação.

A ex-gestora citou que as ampliações não foram concedidas de forma igualitária, pois foi concedida para a maioria que requereu, mas uma minoria não recebeu a ampliação.

Núbia citou que os professores ainda tentam resolver o impasse de forma administrativa, mas que estão se preparando para buscar seis direitos na Justiça, uma vez que não acredita que atual secretário tenha interesse em resolver o problema.

A professora citou ainda um dispositivo da Lei Orgânica Municipal que estabelece a eleição direta para escolha dos diretores das escolas municipais ainda não foi cumprido. O dispositivo está previsto na Lei Orgânica há 25 anos e nunca foi cumprido.


A escolha dos diretores pela comunidade escolar era uma das propostas do grupo que atualmente governa o Município de Altaneira ao longo de várias campanhas eleitorais, mas em nenhum momento foi mencionado pelos três gestores que assumiram a secretaria de Educação após a mudança do comando do Executivo Municipal.