9 de janeiro de 2016

"Temos que concentrar forças em Ciro Gomes" diz André Figueiredo

O ministro das Comunicações André Figueiredo, que também ocupa a vice-presidência nacional do PDT, diz que causa estranhamento a “ânsia do senador Cristovam Buarque (DF) em concorrer à Presidência em 2018 pelo partido somente para barrar a candidatura de Ciro Gomes”

Ele afirma ainda que, atualmente, Ciro é o único nome no partido que teria uma candidatura viável nas próximas eleições nacionais.

Contra a filiação no PDT, o senador seria o principal concorrente de Ciro dentro da sigla. 

“Não existe nenhuma possibilidade de haver esse embate (entre Ciro e Cristovam), que só vai servir para desgastar. Temos que concentrar forças em quem verdadeiramente é nosso provável candidato: Ciro”, afirmou.

Para o ministro, Cristovam tem pouca vivência partidária e que poderia ter sido candidato em 2010 e 2014, mas nunca manifestou interesse em ser candidato depois de 2006, quando foi apoiado inteiramente. Segundo o ministro, Cristovam não tem hoje controle sobre o partido.

“Essa ânsia de ser candidato é de se estranhar. Isso pode estar servido para beneficiar outras forças”, avalia.

Com informações O Povo Online