29 de setembro de 2018

Garoto Beleza promove debate sobre campanha Presidencial

Garoto Beleza e os debatedores na Rádio Altaneira FM (Foto: Flávia Regina)
O radialista João Alves, conhecido como Garoto Beleza, promoveu na tarde (20/09) um debate com os apoiadores dos candidatos à Presidência da República durante o Informativo Notícias em Destaque na Rádio Altaneira FM e transmitido ao vivo através do Facebook. Compareceram Sandoval Nobre (defendendo o candidato do PSL, Jair Bolsonaro), Paulo Henrique Maia (defendendo o candidato do Podemos, Álvaro Dias) e Eduardo Amorim (defendendo o candidato do PDT Ciro Gomes).

No início do debate João fez três perguntas idênticas a cada representante. Depois os representantes fizeram perguntas entre si. E ao fim puderam fazer suas considerações finais. Paulo Henrique disse que os mandatos como Governador e Senador pelo Estado do Paraná com boa avaliação credenciam Álvaro Dias para ser Presidente da República. Questionado sobre Álvaro ter votado a favor da PEC que limitou os investimentos públicos em saúde e educação, disse que o candidato deve submeter proposta ao Congresso para revogar a Emenda Constitucional e fazer grandes investimentos nas áreas. Lamentou a baixa intenção de votos no candidato nas últimas pesquisas, mas disse ainda acreditar que o candidato pode tirar expressiva votação.

Eduardo disse que Ciro Gomes foi Prefeito de Fortaleza e Governador do Ceará, citou a obra do Canal do Trabalhador, e o prêmio pela redução da mortalidade infantil. Mencionou ainda que o candidato enquanto Ministro da Integração Nacional iniciou a obra da Transposição do Rio São Francisco. Falou sobre a proposta do candidato de reativar as obras federais paradas e assim gerar 2 milhões de empregos logo no início do mandato. Falou também sobre a proposta de criar um sistema nacional de segurança pública, investindo em inteligência e de levar chefes do crime organizado para presídios federais. Disse que o candidato é uma opção para quem quer um candidato experiente, honesto, e que não é aliado ao PT ou ao extremismo de Bolsonaro.

Sandoval defendeu Jair Bolsonaro dizendo que ele é Ficha Limpa, que não é corrupto e que segue os ensinamentos da bíblia. Defendeu a proposta do candidato da liberação do porte de armas, sobre as polêmicas envolvendo Paulo Guedes (assessor econômico de Bolsonaro) e o vice da Chapa, General Mourão, disse que eles são iniciantes na política e por isso podem fazem discursos errados, mas que a decisão final é de Bolsonaro e que ele não concorda com as frases polêmicas. Defendeu ainda dizendo que o candidato não é machista, nem racista.

Clique aqui e assista os vídeos do debate no Facebook