9 de dezembro de 2015

Líder da oposição lança nota de esclarecimentos sobre conflito institucional entre Legislativo e Executivo

O vereador Professor Adeiton (PP) publicou no seu Blog nota de esclarecimentos sobre a nota lançada pelo secretário municipal de Administração e Finanças, Ariovaldo Soares Teles, publicada aqui no BA.

O vereador aponta cinco pontas que anuncia como "mentiras" pregadas pelos gestores municipais e inicia negando a existência de conflito institucional entre Legislativo e Executivo. 

Cita que o projeto de lei solicitando autorização legislativa para suplementar o orçamento foi protocolizado na Câmara dia 04/12/2015, dia da Sessão, e que houve acordo para sua apresentação na próxima sessão (11/12) sem a necessidade de convocação de Sessão Extraordinária.

Esclarece ainda que a redução do percentual de autorização para suplementar se deu por acordo formulado por todos os vereadores e critica a falta de planejamento com as finanças públicas do Executivo.

Diz ainda que “o Município não está IMPEDIDO de efetuar pagamento algum aos seus Servidores e muito menos aos seus credores, e se estiver não é por culpa da Câmara” e indaga: “Se o Município está privado de atender as necessidade básicas do povo, DE ONDE IRÃO TIRAR RECURSOS PARA PAGAR O SHOW DE LÉO MAGALHÃES? Isso é necessidade básica?”

Por fim esclarece que não existe inercia por parte da Câmara, uma vez que todos os vereadores foram favoráveis a apresentação da matéria na última sessão (04/12) como também, que a matéria fosse apreciada na Sessão seguinte (11/12) e esclarece “que não existe essa de Vereador autorizar pagamento de servidor ou de credor da Prefeitura, quem foi eleito pelo povo e tem autoridade para isso é o Prefeito”.

Encerra a nota insinua colocando-se a disposição dos servidores e demais interessados para as explicações devidas e afirmando que não seriam imbecis ao ponto de prejudicar quem realmente trabalha e são merecedores de RESPEITO e gratidão”.


Clique aqui e lei a nota na íntegra.