22 de maio de 2014

Domingos Filho defende Cid Gomes e critica isolamento de Eunício Oliveira

Em entrevista a Rádio O Povo Domingos Filho defendeu o governador Cid Gomes e questionou postura de Eunício (Foto: Mauri Melo)
Vice-governador e pré-candidato ao Governo do Estado, Domingos Filho (Pros), defende como resultado natural do estilo de fazer política do governador Cid Gomes, (Pros), a demora na definição do nome que irá apoiar à sua própria sucessão nas eleições de outubro próximo. Pouco preocupado com a forma agressiva do senador Eunício Oliveira (PMDB), que articula abertamente, dentro e fora da base aliada, ele questiona: “quem é o vice do Eunício? Quem é o seu senador?”. Perguntas que parecem sugerir que Eunício pode estar correndo o risco de isolamento político com sua estratégia. 

Domingos Filho participou, ontem, do programa “Debates do Povo”, na rádio O POVO/CBN FM 95.5 - AM 1010, apresentado por Ruy Lima, com participação dos jornalistas Plinio Bortolotti e Guálter George. Segundo ele, referindo-se à possibilidade de entendimento com Eunício Oliveira, “na política não existe a palavra ‘impossível’”, adiantando que nada está definido e que ainda espera que o senador possa “sentar-se à mesa” para discutir as pré-candidaturas em condição de igualdade.

“O senador Eunício vem trabalhando claramente a possibilidade de ser o candidato”, disse, destacando o fato de o PMDB vir “fazendo encontros regionais, falando na imprensa claramente e conversando com todas as forças dentro e fora da nossa composição. Porém, ao mesmo tempo, ele (Eunício) diz que não rompeu com o governador Cid Gomes”.

Ele ressaltou que, caso não seja o pré-candidato escolhido, não apoiará um candidato da oposição e destacou que Eunício, embora ainda não seja visto como oposicionista, só contaria com seu apoio se estivesse disposto a negociar. “Se ele continuar sentado à mesa com a disposição de discutir a regra de apoio, com os 17 partidos parceiros e aceitando a coordenação do governador Cid, e dentro dessa discussão estiverem os pré-candidatos do Pros e de todos os demais partidos, ele será o nosso candidato, caso seja o escolhido”.

Domingos Filho é cotado como um dos cinco pré-candidatos ao Governo do Estado pela coligação do governador Cid Gomes (Pros). Os outros quatro são o deputado estadual Mauro Filho, o ex-ministro da Secretaria Especial dos Portos Leônidas Cristino, a secretária de Educação Izolda Cela e o presidente da Assembleia Legislativa Zezinho Albuquerque, todos do Pros.

Questionado sobre o que o destacaria dos demais pré-candidatos, ele disse: “estamos dentro do mesmo projeto. Todos os demais, assim como eu, desejam continuar avançando naquilo que foi exitoso do governo atual. Nós vamos abraçar um projeto que for coletivamente decidido.

Com informações O Povo Online