21 de janeiro de 2014

Secretário faz balanço das ações da educação na abertura da Semana Pedagógica

A Secretaria da Educação abriu na manhã desta segunda-feira, 20, na Escola de Ensino Fundamental 18 de Dezembro, os trabalhos referentes à Semana Pedagógica 2014 que tem como tema “Plano de curso - Uma Reflexão para a Melhoria da Prática Pedagógica”.

O titular da pasta, Deza Soares abriu os trabalhos discursando sobre os desafios e expectativas quando assumiu a secretaria e apresentou um balanço das ações realizadas no exercício de 2013. 

A preocupação maior da educação foi priorizar e investir na formação e qualificação dos professores, o que não impediu de se voltar também para melhoria da infraestrutura e principalmente com o bom funcionamento da escola. Para ele o investimento deste setor no humano foi essencial e as formações pedagógicas de professores, coordenadores e até mesmo na formação de outros servidores da educação, inclusive de pais de alunos foi um fato inédito.

Ao fazer uma prestação de contas do ano que se findou o secretário ressaltou a qualificação da merenda escolar, a organização do transporte escolar, o apoio integral a educação infantil, a educação de jovens e adultos e aos programas PAIC/PNAIC, PBA, EJA, PSE, AEE, PETECA, MAIS EDUCAÇÃO e PROERD, inclusive com mais formações e melhor acompanhamento através de planos de ações e cronogramas das atividades, além dos trabalhos feitos a partir dos programas Mais Cultura e Atleta na Escola. Ele lembrou ainda que os conselhos da educação (CME) e da alimentação escolar (CAE) já foram reestruturados e o composição do FUNDEB encontra-se em fase de conclusão.

“Além disso, realizamos muitas outras ações que já beneficiaram ou que ainda irão beneficiar em muito a educação, dentre elas, a revisão do PAR (Plano de Ações Articuladas) do Governo Federal, onde encaminhamos solicitações de 06 ônibus, de 03 escolas, sendo uma proinfância, uma escola do campo e uma escola urbana de ensino fundamental, esta, já contemplada e licitada, com investimento da ordem de um milhão de reais pelo MEC e contrapartida do terreno pelo município. Solicitamos ainda mobiliários escolares, materiais e equipamentos pedagógicos, instrumentos musicais e eletrônicos e muitos outros”, disse o secretário.

No que toca à infraestrutura das escolas, Deza arguiu que essa é uma problemática decenal por falhas de construção, mas mesmo ante a isso e tendo escassez de recursos foram executados vários consertos e melhoramentos, como acessibilidade, climatização, iluminação e abastecimento de água. “Porém”, lembrou ele, “o principal problema é a deficiência de espaço físico não comportando a nossa demanda. Felizmente é possível que a partir do segundo semestre estejamos recebendo a nova escola”.

A organização do quadro de pessoal: administrativo, pedagógico e quadro geral de servidores, inclusive com a ampliação da carga horária destes em 100% já esse ano, por determinação do Prefeito Delvamberto, mesmo tendo assumido compromisso de apenas de 25% a cada mês com a justiça também ganharam ênfase na fala do secretário.   

Para Deza a implantação do ensino fundamental II no Distrito São Romão foi uma experiência proveitosa. Ressaltou ainda neste espaço o Proinfo-pronacampo e sala multifuncional na Escola Joaquim de Morais, com assistência total no transporte de professores e de equipes técnicas e pedagógicas. 

A realização da I Capacitação de Pais e Mães de Alunos, o I Encontro de Trabalhadores da Educação, a II Capacitação de Auxiliares de Nutrição, a II Conferência Municipal de Educação, a Conferência Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente, o I Encontro Pedagógico com Oficinas de Música na Escola, o I Encontro Pedagógico sobre a Arte do Cordel, o I Encontro Pedagógico com Oficinas de Xilogravura e a I Seleção de Monitores do Programa Mais Educação ganhou destaque no seu discurso.

Para ele a realização de todas essas ações só foi possível porque houve o apoio do Prefeito Municipal, além do empenho e compromisso de toda equipe da SME (equipe técnica, pedagógica- PAIC/PNAIC, consultoria, coordenação dos programas, da merenda escolar e do transporte. Nas escolas, com os núcleos gestores (diretores, coordenadores e secretárias escolares), em especial, com os nossos professores, com as auxiliares de nutrição (merendeiras), as auxiliares da limpeza e demais servidores, além do apoio de pais de alunos e outros colaboradores da educação.

“Finalmente, com todas essas realizações, não temos dúvidas do ganho da educação em 2013, o que melhora significativamente as nossas perspectivas para 2014. 2013 foi um ano de preparação e investimentos, com ações bastante positivas em todos os níveis e modalidades do ensino municipal. 2014, além disso, será o ano de grande colheita educacional, com resultados ainda melhores para elevação do IDEB e conquista de escolas nota 10. Para o exercício 2014, dentre outras ações previstas, estão a realização de concurso público, mais formações, melhoramento financeiro dos profissionais de educ., ascensão horizontal e premiação por desempenho, desenvolvimento de mais projetos, construção e reformas de escolas, aquisição de mais transporte escolar, etc”, completou o secretário.

Publicado originalmente no Blog da Secretaria Municipal de Educação, com fotos de Micirlândia Soares e João Alves