6 de março de 2018

Plínio Jr. convoca protesto: “Lula, tire as mãos do Psol!”


O filho de Plínio de Arruda Sampaio, uma liderança histórica na esquerda brasileira, está convocando uma manifestação contra a escolha antecipada de Guilherme Boulos, coordenador do MTST, como candidato do Psol ao Planalto.

Boulos filiou-se esta tarde ao partido, em São Paulo — e será lançado candidato tendo como vice a líder indígena Sônia Guajajara, que era uma das pré-candidatas.

Isso acontece sob o protesto de ao menos dois dos outros pré-candidatos: o próprio Plinio Jr. e o economista Nildo Ouriques. O pedagogo Hamilton Assis também é pré-candidato.

Ouriques tem feito críticas na mesma linha de Plínio Jr.

“O PSOL nasceu como superação do programa e da miséria moral do petismo. Boulos tem uma imagem excessivamente associada ao fracasso histórico do PT.  O que ele representa não é a ruptura, é um resgate inoportuno do petismo”, afirmou ele em entrevista ao Diário do Centro do Mundo.

O Psol define seu candidato no próximo dia 10 de março.

Abaixo, a postagem de Plínio Jr. no Facebook, que foi acompanhada das fotos acima:
 
PSOL SEM LULA!

O lançamento da candidatura de Guilherme Boulos à Presidência de República por fora das instâncias partidárias constitui um absoluto desrespeito à democracia do PSOL.

A esdrúxula participação de Lula na Conferência Cidadã, abençoando a candidatura de Boulos, representa um atentado à história de um partido que nasceu exatamente como uma crítica ao lulismo.

Boulos seria bem-vindo ao PSOL, mas não desse jeito.

A pré-candidatura de Plínio de Arruda Sampaio Jr. lutará até as últimas consequências para que o partido não se transforme numa sublegenda do PT.

Não entregaremos o PSOL para quem pretende desvirtuá-lo.

Sem debate e sem a aprovação dos militantes, o programa e o candidato do PSOL não têm legitimidade para representar a vontade política do conjunto do partido.

Escolha de programa e candidato sem consulta à base é golpe.

Não faremos vista grossa à usurpação da história do PSOL.

Nesse sentido, convocamos a militância e as demais pré-candidaturas verdadeiramente partidárias a realizar um protesto no dia 7 de março, às 18h, na porta da ABI, no Rio de Janeiro, e a promover um grande ato no dia 9 de março, em São Paulo, com os motes: Lula, tire as mãos do PSOL! Prévias Já!

Publicado originalmente no portal Vi o Mundo

Leia também: