19 de abril de 2018

Altaneirenses debatem sobre obras paralisadas

Imagem capturada do vídeo do servidor Manoel de Sousa
Um vídeo do servidor municipal Manoel de Sousa, popularmente conhecido por Nézio, compartilhado no grupo de WhatsApp do Blog de Altaneira na tarde de ontem  (18/04) provocou intenso debate sobre as várias obras paralisadas no Município de Altaneira. Nézio mostra no vídeo a fachada de uma obra na cidade iniciada na gestão anterior.

O vereador Professor Adeilton foi o primeiro a comentar o vídeo: “Pena q um vídeo de Altaneira-CE já foi selecionado. Parabéns ao amigo Nezio pela coragem e posição coerente” (SIC).

A ex-secretária de educação, professora Nubia Silva citou outras obras paralisadas como estádio de futebol, museu, quadra esportiva do vale, anunciando que tinha outras mais.

O blogueiro Junior rebateu que foram tantas obras realizadas pela gestão do ex-prefeito Delvamberto, que não deu tempo concluir todas, Adeilton emendou que as que ficaram sem realizar foram mais que as realizadas.

Por sua vez Ricardo Sousa foi categórico: “Eu sempre me pergunto o que aconteceu com essas obras... era uma propaganda grande. O estádio foi feito como as cidades cenográficas da Globo, é só a fachada”

O Acadêmico de Direito, Eduardo Amorim, explicou que os pagamentos referentes a obras são feitos por medição e que as transferências de recursos federais de obras emperraram entre os Ministérios e a Caixa Económica Federal. Disse que imaginava ser esse um motivo para a paralisação.

O ex-secretário de administração e Finanças, Ariovaldo Soares complementou que todas as obras paralisadas no Município, o foram pela falta de transferência de recursos dos governos Federal e Estadual e que não existe nenhuma obra a ser realizada com recursos exclusivos do Município.

Mais uma vez o vereador Adeilton volta ao debate e atribui a culpa aos gestores das três esferas de governo e o Governo Municipal peca por omissão em não correr atrás e não levar a informação à população.

Eduardo Amorim disse que o prefeito viajou umas 4 vezes no ano passado para Brasília, em todas foi no gabinete do deputado Genecias cobrar, viajou no mínimo 1 vez por mês a Fortaleza onde foi na Casa Civil e no Gabinete do Governador.

O presidente da Câmara, vereador Antonio Leite (PDT) disse que a “única coisa quê os prefeitos pode fazer no momento e atualizar no mapim do estado para não perder os recursos e isso está sendo feito sempre quê necessário” (SIC).

O líder da oposição, mais uma fez rebateu o presidente da Casa do Povo afirmando que a administração pública é uma continuidade, erros de gestões anteriores devem ser combatidos pelos atuais. O município é muito maior do que as administrações e gestores anteriores e concluiu que "Se não pode com o pote, não pegue na rudia".

O empresário Devanilton Soares, mais conhecido por Palito, finalizou o debate com o seguinte comentário “Todos nós sabemos que os recursos não estão vindo por incompetência administrativa deixando o município inadimplente aí governo não tem como fazer o repasse”.

Após o comentário de Palito ninguém mais se manifestou sobre o tema. O líder da oposição também não se manifestou sobre a obra da rua João Gonçalves, nem tão pouco sobre a omissão dos vereadores em denunciar as supostas obras paralisadas.