24 de agosto de 2014

Aécio faz campanha em Iguatu

Aécio em Iguatu, entre Tasso, à direita, e o ex-prefeito Agenor Neto, à esquerda Tatiana Fortes
O candidato a presidente Aécio Neves (PSDB) fez campanha em Iguatu (a 384 km de Fortaleza) na noite de ontem (24/08). No município do Centro-Sul do Ceará, ele se referiu ao candidato a senador Tasso Jereissati (PSDB) como “o melhor conselheiro que um presidente pode ter” no Nordeste - “mais especificamente no Ceará”. 

Foi o segundo evento de Aécio no Estado nesta campanha. Ele já havia visitado Juazeiro do Norte, em 19 e 20 de julho, sempre ao lado de Tasso, seu principal aliado no Estado.

“Não tenho dúvida de que, assim como Juscelino (Kubitschek), um presidente mineiro, criou a Sudene (Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste), eu serei o grande governador (sic) do Nordeste brasileiro”. Em seguida, corrigiu-se: “Presidente”. Aécio prometeu ainda “prioridade para todos os investimentos nessa região, para diminuir as desigualdades”.

Aécio prometeu ainda, “a curtíssimo prazo”, concluir “todas as obras inacabadas desse governo”. O tucano afirmou que as ações não são concluídas porque a União “perdeu a capacidade de gestão”.

Ele destacou ainda que pretende adotar políticas públicas “que não só permitam o convívio com a pobreza, como faz o PT, mas para superá-la”. Tasso reforçou: “O governo precisa parar de achar que o Nordeste só vive de política social e compensatória. Tem de ter desenvolvimento”, cobrou o candidato a senador.

Porém, Tasso rebateu o que chamou de “chantagem” do governo com o Bolsa Família. “Ninguém vai acabar com Bolsa Família”, disse o candidato a senador.

Sobre o desempenho de Marina Silva (PSB), que apareceu tecnicamente empatada com Aécio na última pesquisa Datafolha, ameaçando deixar o tucano fora do 2º turno, Tasso considerou “fruto da comoção” pela morte de Eduardo Campos, de quem ela era candidata a vice-presidente.

Com informações O Povo Online