5 de agosto de 2014

Em encontro com jovens no Iguatemi Eunício diz que manterá Acquario

Eunício e Tasso se reuniram com jovens na livraria Saraiva do Shopping Iguatemi (Foto: Divulgação)
Apesar das críticas, que faz ao investimento da atual gestão na obra do Acquario Ceará o candidato ao Governo do Estado, Eunício Oliveira (PMDB) afirmou que manterá a obra. “Jamais seria uma prioridade em comparação com a saúde, a convivência com a seca e a oportunidade para a juventude, mas não sou irresponsável de não concluir, até porque ela (a obra) tem contratos externos que o Ceará vai ter de cumprir depois”. 

Em evento no Shopping Iguatemi, ontem, Eunício evitou responder diretamente as críticas da oposição referentes à riqueza dele e do candidato ao Senado Tasso Jereissati (PSDB). Ainda assim, Eunício fez afirmações de que, se fosse um eleitor que definisse a eleição, “não votaria em político profissional”, referência que costuma usar para os irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-aliados políticos.

Sob os olhares dos fiscais do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), Eunício Oliveira (PMDB), e o postulante ao Senado, Tasso Jereissati (PSDB), discutiram demandas da juventude em evento realizado, ontem, na Livraria Saraiva, no Shopping Iguatemi. Por se tratar de um bem de uso comum, a ação no shopping está em análise na Justiça Eleitoral.

A presença de fiscais no local movimentou a equipe de campanha dos candidatos antes mesmo da chegada de Tasso e Eunício ao shopping. Rapidamente as assessorias trataram de esclarecer que o evento não se configurava como ato de campanha, mas de atendimento a convite feito aos candidatos para participarem de conversa com representantes da juventude cearense.

Mesmo assim, na divulgação do evento na página do Facebook de Tasso, o ato foi apresentado como “o primeiro de vários encontros”. Nenhum dos candidatos ou militantes fez uso de adesivos ou outro elemento de propaganda eleitoral.

Em vários momentos, Eunício aproveitou seu discurso para destacar que o encontro não se tratava de evento de campanha e fazer menção à presença dos fiscais do TRE.

A assessoria do Shopping Iguatemi – empresa que pertence ao grupo Jereissati – pontuou que o encontro não tem ligação com o shopping ou com a livraria.


Com informações O Povo Online