20 de agosto de 2014

Deputado Genecias justifica apoio a Eunício

Em entrevista ao Jornal O Povo o presidente do partido Solidariedade, deputado federal Genecias Noronha, justificou a decisão da sigla de apoiar as candidaturas de Eunício Oliveira (PMDB) para o Governo do Estado e de Tasso Jereissati (PSDB) para o Senado, apesar do Solidariedade fazer parte, oficialmente, da coligação de Camilo Santana (PT).

Genecias Noronha, afirmou que essa mudança de postura aconteceu por discordâncias na “forma como se faz política” na coligação governista.

“Eu não concordo com a maneira como se faz política na outra coligação (de Camilo Santana). Política se faz com os políticos e eles querem fazer a política do isolamento. Um grupo se encastela e toma todas as decisões sem conversar com os demais partidos, aliados e candidatos a deputado, não respeitando as lideranças e os prefeitos”, disse Genecias.

Segundo o deputado federal, “essa política de decisões monocráticas não funciona mais. A política tem que ser participativa”. Genecias afirmou ainda que “na sua grande maioria, o Solidariedade irá pedir votos para Eunício e Tasso”.

Questionado se ocorreria alguma punição para alguém do SD que decida continuar apoiando Camilo, Noronha respondeu que não haverá punições porque o partido está coligado oficialmente à chapa de Camilo, que ainda contará com o tempo de rádio e televisão do SD na propaganda eleitoral gratuita, que começa hoje. 

A coligação de Camilo informou por meio de sua assessoria de imprensa que não comentará a mudança de lado do ex-aliado.

Com informações O Povo Online