8 de agosto de 2014

Cid responde críticas "ranzinzas" de Tasso e acirra campanha

Esquentando o clima da campanha eleitoral, o governador Cid Gomes (Pros) rebateu, por intermédio de sua página pessoal na rede social Facebook críticas do ex-governador Tasso Jereissati (PSDB), candidato a Senador.

Logo às 9 horas de ontem (07/08), o governador anunciou que responderia os questionamentos “ranzinzas” do candidato.  Na última quarta-feira, Jereissati fez diversas críticas à atual gestão, afirmando que a Segurança foi “desmantelada”. 

O governador rebateu as críticas e disse que o índice de homicídios no Ceará foi “sempre crescente” durante a gestão do tucano. Cid comparou ações de sua gestão e da administração tucana na Segurança. 

Em sequência, o governador publicou imagens da Coordenadoria Integrada de Operações Policiais (Ciops), inaugurada durante o governo Tasso, e de três Centros Integrados de Comando e Controle Regional concluídos durante sua gestão.

Críticas de Tasso que motivaram a reação foram feitas em bate-papo online do tucano com eleitores. “Procurei os melhores especialistas, contratamos um consultor. Ele fez um bom trabalho de planejamento, onde a ideia era de uma polícia com sistema de informação, com integração; e hoje estamos no sentido contrário”, disse Tasso. Ele ainda “lamentou” atraso de ações como a transposição do São Francisco e disse que as obras estavam paradas.


"Não é verdade que as obras de transposição estejam paradas. Recomendo que o ex-governador visite, aqui no Ceará, as cidades de Penaforte, Jati, Brejo Santo e Mauriti. Há mais de 4.000 pessoas trabalhando em canais, túneis e barragens do trecho em nosso Estado" disse Cid ao postar foto de túnel de 18 km que fica na divisa do Ceará com a Paraíba.

Cid Gomes comentou ainda declaração de Tasso de que “sem o Castanhão o Ceará estaria sem água”. “Será que ele está querendo assumir a paternidade do Castanhão? Relembrando: quem deu ordem de serviço do Castanhão, pelo menos formalmente e sob protesto do ex-governador, foi Paes de Andrade, então Presidente da Câmara no exercício da Presidência (da República”, disse. Paes de Andrade é sogro de Eunício Oliveira (PMDB), candidato que disputa contra Cid neste ano".

Cid finalizou dizendo que, durante sua gestão, foram gerados 349.416 empregos com carteira assinada. “Mais que o triplo dos 12 anos do ex-governador”. Afirmou ainda que sua gestão construiu 102 escolas profissionalizantes, contra nenhuma da gestão tucana.

Cid já havia utilizado do Facebook para responder Tasso. Em novembro do ano passado, após o senador estrelar inserções críticas do PSDB na televisão, o governador “lançou desafio” na rede: “Some tudo que o Tasso fez nos seus doze anos. Multiplique por dois e ainda não dará o que foi feito nestes últimos sete anos”.

O jornal o POVO procurou a assessoria de Tasso Jereissati durante todo o dia de ontem para comentar o caso, mas não obteve resposta até o fechamento desta edição. Em contato com o Blog do Eliomar, no entanto, a assessoria negou que o tucano fosse contrário ao Castanhão.

Com informações O Povo Online