30 de agosto de 2014

Dilma e Marina disputam o 2º turno, diz Datafolha

A presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a candidata do PSB, Marina Silva, estão empatadas tecnicamente nas intenções de voto para a Presidência da República e fariam o segundo turno se as eleições fossem hoje, segundo pesquisa Datafolha divulgada ontem (29/08). Marina e Dilma têm os mesmos 34%, cada, da preferência do eleitorado. 

Encomendado pelo jornal Folha de São Paulo e pela TV Globo, este é o primeiro estudo do Datafolha feito após o início da propaganda eleitoral no rádio e na TV. Há 11 dias, pesquisa Datafolha mostrou que a petista tinha 36% das intenções de voto. Já Marina Silva tinha 21% da preferência.

O candidato do PSDB para o Planalto, Aécio Neves, está na terceira colocação, com 15% das intenções de voto — no outro levantamento do Datafolha, Aécio tinha 20% das intenções de voto e estava empatado tecnicamente com Marina. Em quarto lugar, aparece Everaldo Pereira (PSC), que teve 2% das menções.

Os candidatos Luciana Genro (PSOL), Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB), José Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Mauro Iasi (PCB) e Rui Pimenta (PCO) não marcaram pontos. As intenções de votos brancos e nulos totalizam 7%, enquanto os indecisos (não souberam ou não responderam) são 7%.

O Datafolha entrevistou 2.884 eleitores, de 178 cidades, entre a última quinta-feira (28) e sexta-feira (29). A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. O estudo foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-00438/2014.

O Datafolha também perguntou aos eleitores em quem eles votariam em um cenário com Dilma Rousseff e Marina Silva no segundo turno. A substituta de Eduardo Campos teria 50% das intenções de voto, contra 40% da petista. Os votos brancos e nulos seriam 7%, enquanto os eleitores que não sabem ou não responderam são 3%.

Em outro cenário, com Dilma contra Aécio Neves (PSDB), a petista teria 48% das intenções de voto e o tucano ficaria com 40%. Os votos brancos e nulos totalizariam 9%, enquanto os eleitores indecisos — não sabem ou não responderam — são 4%.

Quando o Datafolha não fornece os nomes dos candidatos à Presidência da República e pergunta em quem o eleitor vai votar — a chamada pesquisa espontânea —, a maioria dos eleitores prefere Dilma. A petista teria 27% dos votos se a eleição fosse hoje, contra 22% de Marina Silva e 10% de Aécio Neves.

Outros nomes que não esses três totalizaram 3% das intenções de voto. Os brancos, nulos ou nenhum são 3%. Os eleitores que não sabem são 32%.

A avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff sofreu uma queda, de acordo com o Ibope. Na pesquisa realizada entre os dias 14 e 15 de agosto, 38% dos entrevistados consideravam a gestão da petista boa ou ótima. Desta vez, o índice é de 35%.

Aqueles que consideram o governo regular oscilaram de 38% para 39% e a avaliação ruim/péssimo subiu de 23% para 26%. O índice dos que não souberam ou não quiseram responder é de 1%, o mesmo da última sondagem.


Com informações Portal R7