27 de outubro de 2014

Cid defende novo partido contra PMDB

O governador Cid Gomes (Pros) defendeu ontem necessidade de se pensar em novo partido para “combater” o PMDB. 

Classificando o partido como “mal que precisa ser combatido”, ele disse que irá ampliar conversas com o presidente do Pros, Eurípedes Júnior (SP), para avaliar possível formação de blocos ou fusões com outras legendas. 

Cid falou ao acompanhar a votação ao lado do prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (Pros). O PMDB é o partido do candidato de oposição ao governador, Eunício Oliveira, e do vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena.

“Quem deve tocar esse processo é ele (Eurípedes), mas eu defendo tese de que a gente converse com outros partidos e pense num bloco, no mínimo. Mas eu defendo mesmo é que ocorram fusões”, diz Cid, citando PDT e PCdoB como possíveis partidos a se unirem com o Pros. “São partidos em que há afinidades. Afinidades, não há nenhuma conversa ainda”.

Segundo Cid, a ideia é criar bancada de entre 50 a 60 deputados, com objetivo de se contrapor ao PMDB como força política no Congresso Nacional. “O PMDB é um mal terrível, que tem que ser combatido organizadamente, racionalmente e inteligentemente. É um ajuntamento de secções regionais que não tem nenhuma identidade, mas um interesse em comum: chantagear governos”, disse.

“É o que há de pior na política. O Brasil precisa se livrar do PMDB”

Com informações O Povo Online