23 de outubro de 2014

Após nova licença de Cid, Zezinho assume Governo do Ceará

Mais uma vez, Cid Gomes (Pros) ausenta-se do cargo de governador para fazer campanha para Camilo Santana (PT), candidato apoiado por ele para substituí-lo. É a segunda vez em menos de um mês que o governador se afasta em função da campanha.

Diferentemente da ocasião anterior, o posto passa a ser ocupado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (Pros). 

Na vez passada, o deputado havia declinado do posto para evitar a inelegibilidade na eleição para a Casa, o que levou o presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), Luiz Brígido, ao Palácio da Abolição. 

Agora, devidamente reeleito, Zezinho assume o posto máximo do Estado. Ele deve permanecer como governador até segunda-feira.

O vice-governador de Cid, Domingos Filho (Pros), renunciou em abril para assumir a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Desde então, o Ceará não tem um vice-governador, tendo de recorrer aos próximos na linha sucessória.

A primeira saída de Cid gerou críticas do candidato oposicionista a governador, Eunício Oliveira (PMDB). Cid também se afastou do cargo para apoiar o candidato do partido a prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, na campanha de 2012, mas na aquele ocasião o peemedebista apoiar a decisão.

Com informações O Povo Online